Esmaltes OPI

15 fev

Hoje eu vou trazer falar aqui no blog sobre um assunto que tem me incomodado bastante nos últimos dias: os Esmaltes OPI. Vou explicar: no final do ano passado foi divulgado que os esmaltes OPI e China Glaze começariam a ser vendidos regulamente aqui no Brasil.

Há algumas semanas fui ao Shopping Palladium e vi para vender lá. Semana passada fui ao Mueller e vi esses esmaltes à venda na loja Free Itália. Como esmaltes importados normalmente são 3-free (não possuem tolueno, formaldeído e DBP), nem me preocupei em ler o rótulo. Chegando em cada, por curiosidade, fui ler o rótulo e para minha surpresa, lá estava: formaldehyde resin!

Surtei! Sério! Comprar dois vidros de esmalte por R$35,00 cada para não poder usar é muito desperdício! Para minha sorte, liguei no dia seguinte para a loja, expliquei a situação e eles deixaram eu trocar por outros produtos (em breve aqui no TBF).

Para completar, conversando com a Vivi do Pop Topic (amo!) pelo twitter, ela me falou que nos ingredientes dos esmaltes OPI dela (importados dos EUA) não tinham essa resina de formaldeído na formulação.

Daí fiquei pensando em várias teorias: será que a OPI não tirou as substâncias do mal de suas fórmulas? Será que eles estavam vendendo esmaltes velhos aqui no Brasil? O que será que aconteceu???

Claro que parti para a investigação, e aqui está o que eu descobri no site da marca:

– Segundo comunicado no site da marca, eles nunca utilizaram formaldeído nos esmaltes nem na linha de tratamento.

– O tolueno e o dbp foram exlcuídos das fórmulas da marca em 2006.

– O formaldeído somente é utilizado na linha de endurecedores de unha (nail hardners), mas em nível 4 vezes menor do que o limite estabelecido pelo órgão competente nos Estados Unidos.

Beleza. Mas eles não justificam o uso da resina de formaldeído.

Daí eu fui investigar a diferença entre formaldeído e a resina do formaldeído. E eis que eu achei a informação de que a resina de formaldeído, ao contrário do formaldeído em sua forma pura, acaba se dividindo, sendo que parte vira água e a outra parte se incorpora permanentemente à resina. Segundo o artigo, a ligação dupla do carbono-oxigênio desapareceria no processo, não sobrando muito dessa resina (gente, eu sou péssima em química, se algo estiver errado me corrijam):

OPI is one of those brands: The industry’s biggest name has taken the toxic trifecta out of their best-selling polishes, but do include formaldehyde resin and acetate derivatives in their formulations. According to OPI chemist Paul Bryson, the difference between formaldehyde and formaldehyde resin can be confusing. “Formaldehyde is one of the raw materials that is used to make resin, but…when the resin is made, the formaldehyde molecule is torn apart: part of it becomes a water molecule and part of it is incorporated permanently into the resin molecule.” Not to get all chemical on your or anything, but Bryson also notes that formaldehyde’s highly reactive carbon-oxygen double bond also disappears in the process, meaning OPI’s big-three free polishes probably won’t blow up if you light them on fire. Bonus!

Também achei uma resposta da OPI indicando que se a pessoa é bastante alérgica, é melhor não usar o produto:

Thank you for your email. We apologize for the delayed response. The only
products that contain Formaldehyde are OPI’s nail strengtheners, Original
Nail Envy, Matte Nail Envy, Nail Envy Dry & Brittle, Nail Envy Soft & Thin,
Start- to-Finish Base Coat. Our lacquers do not contain Formaldehyde, but
do contain a formaldehyde resin. If you are highly allergic, please make
sure you are not also sensitive to formaldehyde resin.

Outra informação que eu achei é que os esmaltes OPI produzidos a partir de 2011 seriam 4-free, sendo eliminados da fórmula a resina de formaldeído e cânfora, além do tolueno e do DBP que já teriam sido eliminados em 2006. Neste caso, eles mudaram a cor da etiqueta, mas eles não indicam qual seria a cor anterior e nem a cor nova.

Formula & Application: OPI nail polishes are now 4-Free (including formaldehyde resin) and free of camphor, which can be an irritant. This is a new development as OPI’s pre-Texas were only 3-Free. I just wish OPI had changed the color of the print on the labels so buyers can identify 4-Free polishes like they did when they made the switch to 3-Free.

Ou seja, só as coleções a partir da Texas (que é de março de 2011) que não possuem a tal resina de formaldeído!

Isso faz sentido. Eu comprei as seguintes cores: OPI on Collins Ave e Give me the Moon! A primeira cor é de uma coleção de 2009 (OPI South Beach Collection), enquanto que a segunda cor é da coleção Night Brights, de 2007. As etiquetas dos meus esmaltes era verde, enquanto que pelo que eu vi pela internet, os novos esmaltes possuem etiqueta preta.

Ou seja: vale a pena prestar atenção nesses pequenos detalhes. Quis fazer o alerta porque sei que nem toda loja faz troca de esmaltes, então não queria ver ninguém jogando dinheiro fora! E fica o alerta para as alérgicas prestarem muita atenção quando comprarem esmaltes, mesmo os importados!

Anúncios

Comente aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: